quarta-feira, 25 de julho de 2012

Entrevista por email a Pedro Moreira


Pedro Moreira
 
1. Qual o teu primeiro contacto com a fotografia ?
O meu primeiro contacto começou muito cedo pois o gosto de viajar dos seus pais levou-me, na minha juventude, a registar essas viagens em família e esses lugares distantes.
2. Como desenvolveste o gosto pela fotografia ?
Tal como disse o gosto começou há muitos anos atrás. Primeiro tinha o prazer de enquadrar através do visor da máquina fotográfica o que ia vendo e posteriormente, no regresso das viagens e após revelar esses rolos fotográficos tinha o prazer de poder ver os resultados obtidos.
3. Que tipo de fotografia gostarias de fazer ?
Não há um só tipo de fotografia que gostaria de fazer, há muitos tipos de fotografia que me dão prazer mas o maior prazer é mesmo fotografar!
4. Que tipo de fotografia costumas fazer ?
Costumo fazer fotografia de paisagem, viagem e de moda.
5. Já leste algum livro sobre fotografia ? Se sim, qual ou quais?
Não, mas já vi vários livros com fotografias. Provavelmente o meu favorito é “Portraits”, de Steve McCurry.
6. Já fizeste algum curso de fotografia ?
Não. Já ganhei cursos de fotografia como prémios em concursos de fotografia e acabei por vender a outras pessoas. (risos)
7. Quais são as partes do dia que geralmente utilizas para fotografar (manhã, tarde ou noite)?
Embora nem sempre seja possível, obviamente as horas mágicas do antes e durante o nascer e o pôr-do-sol, são as minhas favoritas.
8. Fotografas durante a semana ou no final de semana ?
Fotografo mais no final de semana, quando tenho mais tempo
9. Qual é o equipamento de fotografia que geralmente utilizas ?
Atualmente uso uma Canon 50d com uma objetiva ultra grande angular Canon 10-22 USM, uma teleobjetiva luminosa Canon 70-200 2.8 IS USM II, Conversor 2X, tripé, filtro de 10 stops da LEE e Filtros graduados neutros Hitech e também uma compacta quando me quero tornar mais discreto, em fotografia de rua.
10. Já experimentaste várias máquinas fotográficas ou geralmente utilizas sempre a mesma?
Sim, desde que começou para mim em 2000 a fotografia digital, já utilizei 7 máquinas e 11 objetivas.
11. Já experimentaste fotografar com telemóvel ?
Já, mas posso dizer que quando tiro as fotos até me parecem bem no visor do telemóvel, mas quando chego a casa e as revejo no computador penso: mas porquê é que fotografei com o telemóvel em vez de uma máquina fotográfica!
Os telemóveis estão a mudar a fotografia como se pode ver através de sites como instagram, mas sinceramente ainda não estão ao nível da qualidade que desejo ver nas minhas fotografias.
Talvez agora com telemóveis como o Nokia 808 eu comece a pensar diferente.


12. Se fazes fotografia de retrato, tens algum modelo habitual ?
Sim, por razões óbvias gosto de fotografar a minha mulher! (risos)
13. Quando viajas levas a máquina fotográfica contigo ? O que procuras fotografar ? Paisagens, Monumentos e/ou Pessoas?
Sim, a máquina vai sempre comigo! Se não levar a máquina, não são férias para mim! (risos)
O meu tema favorito em férias são as pessoas, gosto de as enquadrar no seu habitat sem nunca fotografar monumentos só por fotografar.


14. Em que modo costumas fotografar ? (automatico, manual, prioridade à abertura, etc)
O modo em que fotografo depende muito do assunto, mas no geral diria que fotografo em manual quando uso tripé, em prioridade à abertura em retrato, moda ou paisagem e prioridade ao obturador em desporto e fotografia de espetáculo. O modo automático das minhas máquinas acho que deve estar enferrujado por nunca ter sido utilizado!
15. Gostas mais da fotografia a cores ou P&B ?
Definitivamente gosto mais de fotografia a cores pois posso sempre converter em p&b!
16. Na tua Galeria de Fotos consegues eliminar todas fotos até obteres uma galeria das tuas 6 melhores fotos ?
Nem pensar! Como os meus temas são tão variados e tenho na minha galeria mais de 1700 fotos, acho que nunca conseguiria tal feito! Acho que nem a 60 conseguiria reduzir!
17. Costumas publicar as tuas fotos em algum site de fotografia ? Se sim, qual ou quais ?
Costumo publicar no facebook (www.facebook.com/pedroxmoreira), no Olhares.com (www.Olhares.com/pedroxm), no meu site www.pedroxmoreira.com e em inúmeros blogs e sites de agências de modelos.
18. O que mais procuras num site de fotografia ? (exposição das fotos, comentários, dicas, outros)
Sinceramente procuro alguma exposição mas principalmente muita inspiração para fotografar. Aprendi e continuo a aprender muito através das fotografias de outros fotógrafos.
19. O que mais te agrada na fotografia:
O impacto visual que leve os observadores a querer percorrer incessantemente toda a fotografia com o olhar.
20. Quem mais te influenciou na fotografia ?
Penso que terá sido o livro “Portraits”, de Steve McCurry
21. Porque é que a fotografia é importante para ti ?
É uma forma de registar os momentos que vejo e de tentar transformar esses momentos em algo que agrade e crie emoções nas pessoas.
22. Acreditas na expressão: Uma foto vale mil palavras ? Se sim, porquê ?
Sem dúvida! Cada observador vê a fotografia de uma maneira diferente e cada fotografia leva a pensamentos/reações diferentes.
23. Se a fotografia não existisse, o mundo seria diferente?
Se não houvesse fotografia, o mundo seria tão cinzento que nem a preto e branco seria!
24. O que gostarias de ver através da tua câmara fotográfica ?
Provavelmente um vulcão em erupção….mas de longe! (risos)
25. Quem é o teu fotografo favorito ?
Tenho vários favoritos e não consigo mencionar apenas um.
Portugueses: André Brito e Joel Santos.
Estrangeiros: David Noton, Steven Curry, Gmb Akash e os incontornáveis Henri Cartier-Bresson e Ansel Adams

26. Achas que é preciso ter talento para registar emoção numa fotografia ?
Acho que sim! registar emoção uma vez, é sorte mas é preciso muito talento para conseguir criar constantemente emoção através da fotografia!
27. Achas que o preço de uma câmara fotográfica pode afetar o resultado final da foto ?
Penso que qualquer máquina do tipo reflex ou mirrorless (Que já se consegue comprar por cerca de 400 euros) consegue tirar excelentes fotografias, quase impercetíveis de máquinas de valor muito superior.


28. Tens estilo próprio na fotografia ? Se sim, qual ?
Penso que não, pessoalmente acho que sou muito heterogéneo na fotografia que faço.
29. Para ti a fotografia é um hobby ou um modo de vida (profissional) ?
Um pouco de ambos.
30. O que é necessário para ser um bom fotografo ?
Antes de mais ter bom gosto e fotografar muito até conseguir registar de modo intuitivo os momentos que vê.
31. O que mais gostas de fotografar ?
Pessoas. Há cerca de 43 músculos na face que criam expressões diferentes em cada décimo de segundo e isso é um desafio muito grande para um fotógrafo.
32. Na tua opinião, o que faz da fotografia uma arte ?
Essa é uma pergunta muito difícil de responder pois o que para mim pode ser arte, para outro observador pode ser considerado lixo, mas vou tentar responder:
A fotografia regista um momento, transformar esse momento em arte advém da conjugação de inúmeros fatores desde a técnica, criatividade, composição, luz, impacto visual, emoção criada, etc.


33. Acreditas que a fotografia de rolo (35mm) vai acabar definitivamente na fotografia digital ?
Pessoalmente acho que já acabou pois basta ver o que aconteceu à gigante Kodak (falência) e os filtros digitais em programas de telemóvel (e não só) que imitam as diferentes peliculas.
Além do mais há uns anos atrás se alguém dissesse que os “rolos fotográficos” iriam ter 204.800 ASA, como já há máquinas que tem de ISO, chamariam essa pessoa de doido!


34. Qual é a história da tua fotografia? Todos os fotógrafos são considerados contadores de histórias. O que transmitem as tuas fotos?
A história depende muito da imagem mas espero que as minhas imagens transmitam emoções a quem as vê.
35. Como fotógrafo, és o primeiro crítico dos teus trabalhos?
Sem dúvida, sou incapaz de dar a mostrar uma fotografia da qual não goste. Mesmo as fotos de que gosto ficam no disco rígido do meu computador muito tempo “a marinar” (como eu costumo de dizer) para melhor poder ver os seus defeitos e decidir se realmente são dignas ou não de serem mostradas.
36. Concordas com a expressão: "Escrever um elogio com a intenção de agradar o fotógrafo para receber a sua visita, é tão mau como dar uma crítica destrutiva."
Concordo e até acho que ainda é pior escrever um elogio para receber uma visita, é estar a enganar-se a si próprio a pensar que as suas fotografias têm muito mais valor do que efetivamente têm! (Risos)

veja também a entrevista a Manuela Azevedo